Tribal Fusion com Caíque Melo no novo vídeo do Respire Dança

O solo do bailarino, coreógrafo, professor, pesquisador e produtor de dança foi gravado no Parque das Dunas, na Praia do Flamengo e já está postado na rede

Caíque Melo é a nova estrela do canal Respire Dança. O bailarino, coreógrafo, professor, produtor e pesquisador em dança protagoniza o vídeo Oásis, filmado no Parque das Dunas, na Praia do Flamengo. Ao som de Amazing Oriental Music, na interpretação de Faran Ensemble, o artista mostra o seu trabalho, resultado de pesquisas, protagonizando o roteiro e direção de Heronildes Santos Soriano Ferreira e edição de Leandro Soriano Ferreira.  A modelo Fernanda Sampaio faz uma participação especial na história, na pele de uma jovem sedenta em uma área desabitada, que vê o que acha ser uma… miragem?

O graduando em dança da Ufba e aluno formado da Escola de Dança da Funceb se dedica ao aprofundamento da arte. “Meus estudos com a dança se permeiam pela dança Tribal Fusion, ao qual hibridizo com outros estilos culturais dos mais diversos lugares, afim de experimentar e obter novos olhares e estéticas para a dança tribal, amplificando sua gama de possibilidades para fusão, demonstrando assim a potencialidade que a dança tem enquanto percepção contemporânea”, explica.

Nascido em Vitória da Conquista, o jovem de 22 anos começou os estudos em dança na Escola de Dança Arabesk e na Casa da Arte da Dança do Ventre. Participou de espetáculos promovidos pelas escolas e ao conhecer o estilo tribal fusion, de forma autodidata deu início nos estudos acerca do estilo. No ano de 2012 foi premiado com voto popular pelas redes sociais para participar do GOTHLA, festival internacional de dança tribal e fusão realizado na cidade do Rio de Janeiro – RJ, aos 17 anos de idade.

Atualmente Caique mora em Salvador onde cursa as academias da Ufba e da Funceb, “aprimorando meus conhecimentos em dança e tendo outros olhares e vivências para fusionar a minha prática pessoal de pesquisa da dança tribal”. Ele ministra aulas regulares na cidade bem como workshops pelo Brasil, em especial na região Nordeste. Estreou em novembro/2015 a primeira montagem de espetáculo solo com a estética da Dança Tribal Fusion, o Voyeur, de maneira independente, sendo apresentado na cidade de Salvador. Em junho passsdo ele estreou Homem com H, na mostra TôNaCena da Escola de Dança da Funceb, no Espaço Xisto.

Claudia Pedreira

Claudia Pedreira

Claudia Pedreira, formada em jornalismo pela UFBA, atuou como repórter especial e editora em veículos impressos, tendo feito parte do quadro da Tribuna da Bahia, Correio da Bahia, A TARDE, Correio e Revista Lets Go. Sua trajetória é marcada pelo trabalho na área cultural, com desdobramento para TV, cinema, teatro, dança, quadrinhos, enfim, cultura pop em geral. Foi premiada com o ABI pela matéria de capa do caderno Folha, do Correio da Bahia, sobre Código Penal. Coordena a ASCOM da Funceb e dirige a Palavra Cruzada Assessoria de Comunicação. Há 16 anos faz aulas de danças, há quatro firmou compromisso eterno com a dança e salão e devoção aos grandes mestres.
Claudia Pedreira